quarta-feira, 23 de Maio de 2012

Degradé





Por vezes na lavagem de vez em quando aparece uma peça de roupa tingida, este verão não há problema de andar com ela assim, pois está na moda ''tye-dye'' que significa tingido, ''ombré'', ''Degradé'' ou manchado.

O tie-dye teve foi famoso entre as décadas de 1960 e 1970, entre adeptos do movimento hippie.



Esta modo começou nas xhamadas madeixas californianas, o cabelo em ''ombre'' com outra cor nas pontas.



Pode encontram-se alguns modelos á venda nas lojas:

Zara 39,95€

Bershka 17,99€
 
Zara 25,95€
Pull and Bear 15,99€

Stradivarius 17,95€

Pull and Bear 15,99€
Bershka 25,99€
Zara 29,95€

Mas para quem tem uma peça velha que a queira restaurar, também á maneiras de as tingir em casa, usando tintas apropriadas para tingir, que se encontram em papelarias, lojas de artesanato ou mesmo em grandes superficies comerciais.

Quem quer tingir uma peça sem prejudicar a qualidade dela tem que ficar atendo a esses três fatores: tecido, cor e tinta.

A peça mais fácil de tingir sempre será aquela que é toda branca, feita apenas de algodão e que você quer pintar de preto.

Tem que ter atenção a alguns factores antes de por mãos á obra:



Tipo de tecido:

Antes de tingir a roupa é importante avaliar, o tecido que a peça é feita. Identifique a fibra que compõe o tecido, pois o resultado do tingimento depende do tipo de fibra da roupa. 
Os tecidos são divididos em três graus de dificuldade em relação ao tingimento:

Fácil: Tecidos de algodão ou 100% naturais são os mais propícios para tingimento.
Difícil: Tecidos de composição mista podem ou não responder bem ao tingimento.
Grandes chances de dar zebra: Tecidos sintéticos têm grandes chances de estragar o processo e a peça se perder, por isso, pense bem antes de tentar.


Cor do tecido:

Brancos: Tecidos brancos ou em tons claros normalmente alcançam a cor do corante.

Estampados: Nem adianta tentar transformar um tecido estampado em liso através do tingimento. Os estampados só são tingindos na área do tecido que não tem estampa, já que a estampa é como se fosse uma impressão feita pro cima das fibras, imune à tinta.

Coloridos: Tecidos coloridos podem ser tingidos, mas a cor desejada deve ser mais escura que a cor original. O resultado será uma soma da cor original com a cor da tinta. Por exemplo, se você tem uma camiseta amarela e resolve pintar de azul, o resultado será um verde.


Cor da tinta: Quanto mais escura uma cor, mais fácil da tinta pegar no tecido, sendo assim a tinta mais universal a preta.

Antes do tingimento

Antes do tingimento é preciso lavar bem o tecido para tirar todo resíduo de amaciante e gordura.
Retire botões, fivelas e outros acessórios antes do tingimento.

Treine primeiro em uma peça que goste menos para depois se aventurar naquela que tanto gosta.

Leia as instruções da embalagem do produto para tingir. (alguns fabricantes dão algumas dicas que devem ser seguidas).

Antes de aplicar o produto, faça o teste num retalho do tecido.

A roupa a ser colocada na tinta deve estar húmida.

Métodos de tingimento caseiro:

Método quente: O método quente utiliza tinta própria para este processo, tinta em pó ou tipo de pigmento e uma panela grande onde vai escaldar bastante a água misturada com o corante e afogar sem dó a peça lá dentro mexendo bem.

todo frio: O método frio utiliza tinta para tecido Acrilex que é a mais comum aqui em Portugal ou aquarela, diluída em água. Coloque um pouquinho de água e de tinta em um balde e vá elimiando todos os gominhos de tinta. Coloque mais tinta e mais água até ficar do tom que você quer. Depois, mergulhe o tecido dentro do líquido e deixe por alguns minutos, para que a fibra possa absorver bem a tinta. Passados os minutos, pendure o tecido no estendal pelas extremidades e espere secar. Lembre de pendurar pelo avesso, para não marcar nada. A tinta Acrilex também possibilita a mistura de cores, então, pode criar seus próprios tons! Após o tingimento é necessário aguardar 72 horas  para lavagem

Alguns destes videos ensinam várias tecnicas, maneiras e diferentes formas  de tingimentos:


O estilo mais hippie:


Degradê 2 cores:


Com umas calças que a uns anos eram cinza, que com as lavagens agora estão completamente brancas, só as linhas das custuras é q não mudaram de cor, decidi curta-las para criar uns calções e foi a peça que decidi tingir/colorir.



Dilui um pouco de tinta em alcool e com um pedaço da calça onde fiz os calções testei o tecido na cor.
Esperei que seca-se e depois passei por água para ter a certesa que a cor não sai-se do tecido ganga.



Dilui a restante tinta do frasquinho em alcool (usei dois copos) e espalhei pelos calções para dar uma ar de rosa tingido, poderia ter optado por degradê mas iria precisar outro frasco desta tinta, se tivesse usado uma tinta própria para tingimento seria mais facil fazer ''degradê''.  Depois de espalhar a tinta nos calções pendurei para secar um pouco, para acelerar o processo de secangem que diz na embalagem de 72h coloquei a secar a frio na máquina de secara. Depois de tar completamente seca passei por água para retirar o excesso de tinta. Aconselho a tentarem com tinta mesmo própria de tingimento, pk esta tinta perde a cor, no final de secar ficou assim:








Há imensas formas de tingir e maneiras, tingir pontas, ou metades, ou pode mesmo tingir objectos de decoração, aqui ficam alguns exemplos para se inspirarem:







 Texto: Milene
Imagens: We Heart It, Milene

Sem comentários:

Enviar um comentário